GuidePedia

0


Durante a II Guerra Mundial, nos Estados Unidos, era costume uma família que tivesse um filho que servisse nas Forças Armadas colocar uma estrela na janela frontal da sua casa.
Porém, uma estrela dourada indicava que o filho tinha morrido por apoio à causa do seu país.
Há anos, Sir Harry Lauder contou uma história comovente sobre este costume. Ele disse que uma noite um homem caminhava por uma rua de Nova Iorque, acompanhado pelo seu filho de 5 anos. O pequeno foi atraído pelas luzes que brilhavam nas janelas das casas e quis saber por que é que algumas casas tinham uma estrela nas janelas.
O pai explicou que aquelas famílias tinham um filho a combater na guerra. A criança bateu as palmas quando viu outra estrela na janela e exclamou, “Olha, Papai, outra família que deu o filho ao seu país”.
Finalmente chegaram a um descampado, depois da correnteza das casas. Daquele lugar podia-se ver uma estrela a brilhar no céu. O pequenino voltou à olhar, “Oh, Papai”, “Olha para aquela estrela no céu! Deus também deve ter dado o Seu Filho”.
Sim, de fato! Há uma estrela na janela de Deus. Sabes o que Ele fez por ti? Ele deu o Seu Filho, por causa do Seu amor por nós.
Estrelas Douradas!

Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna – João 3.16

Postar um comentário

 
Top